Equipe

DIREÇÃO E ROTEIRO

Chico Pereira, nascido em Florianópolis/SC em 09/01/1964 é diretor da CONCEITO Comunicação e Idéias, produtora de conteúdo que realiza diversos trabalhos na área de marketing cultural. Realizador, produtor de documentários e diretor de programas de TV. Em São Paulo realizou diversos documentários para rede SESC-TV, além de atuar como diretor de eventos especiais para a Rede Record. É também diretor e roteirista de três documentários do programa “Santa Catarina em Cena” (RBS-TV-2006/2007). Seus últimos trabalhos são: “Martinho de Haro, a Cidade Reinventada”, “Memórias de uma Cidade” e “Cruz e Sousa, o poeta simbolista do Brasil.

PRODUÇÃO EXECUTIVA

Zuca Campagna, nascida na cidade de Torrinha/SP em 02/12/1963. Com formação em Ciências-sociais pela UNICAMP e especialização em Multimeios pela mesma Universidade. Foi produtora executiva de diversos documentários como “Martinho de Haro – a cidade reinventada”, “Memórias de uma cidade”, “O universo bruxólico de Franklin Cascaes” e diversos trabalhos para o “Santa Catarina em cena” da RBS TV, entre outros. Atualmente trabalha na coordenação da UDESC Virtual, no Centro de Educação a Distância da UDESC.

DIRETOR DE FOTOGRAFIA

Marco Antonio Nascimento, nascido em São Paulo-SP , em 19/08/1949, filho do fotógrafo Firmino Nascimento e da Olga Nollé Nascimento. Iniciou na fotografia aos 14 anos de idade, atuando nos ramos de laboratório e estúdio na capital paulista até 1976. Em Londres desde 1976, atuou como fotógrafo free-lance. Foi repórter-cinematográfico da Globo Internacional em Londres (1982-1997) e da BBC, CNN, RAI, SIC e Tele Montecarlo até 2000, também na Inglaterra. Cobriu os conflitos nos Bálcãs, a queda do Muro do Berlim, o fim da União Soviética, a invasão de 1982 do Líbano por Israel e os conflitos com os palestinos, entre outros. Reside em Florianópolis-SC desde 2001.

PRODUÇÃO DE SET 

Marcelo Mariano Dias nasceu em São Paulo, em 1961, cursou história mas acabou mesmo trabalhando com vídeo.
Participou de projetos de TV Pública em São Paulo e Diadema, trabalhou no FDE – Fundação para Desenvolvimento da Educação e na TV dos Trabalhadores em São Bernardo.
Em Florianópolis trabalhou como editor de vídeo na TVCOM e dirigiu o documentário “Só você que faz”, com os trabalhadores da ARESP – Associação Esperança de Recicladores de Lixo.

EDIÇÃO E PÓS-PRODUÇÃO

Joel Lisbona, desde a infância envolvido com o mundo da informática e tecnologia. Usa esses conhecimentos para atuar no setor multimidia. Já trabalhou como músico profissional, produtor musical, design e programação para web e cd-rom. É editor e finalizador de vídeo, onde atua há mais de 7 anos no setor publicitário e audiovisual.

DIREÇÃO MUSICAL

Diogo de Haro, nascido em Florianópolis – SC, em 25/08/76. Mestre em Música na subárea Práticas Interpretativas – Piano na UFRGS e Bacharel em Música Instrumento Piano pela UDESC. Realizou as trilhas sonoras dos documentários “Alquimia” e “Paisagens Urbanas” de Pedro MC em 2007. Em 2008 apresentou-se em diversos recitais, destacando-se sua participação no projeto Rumos-Música do Itaú Cultural com o Grupo de improvisação de Adolfo Almeida, no Itaú Cultural em São Paulo.

ARTISTA PLÁSTICO CONVIDADO

Paulo Gaiad nasceu em Piracicaba – SP. Trabalha como artista multimídia e transita entre a pintura, o desenho, a fotografia, o objeto, a instalação, o vídeo e a literatura. Iniciou o curso de Arquitetura em Brasília, com passagem nos anos 1970 pelo prestigiado escritório de arquitetura de Villanova Artigas, em São Paulo. Suas obras fazem parte dos acervos de diversos museus e de  colecionadores espalhados por diferentes países.

SUPERVISÃO DE CONTEÚDO

Celso Martins da Silveira Júnior. Laguna, 23 de novembro de 1955. Reside em Florianópolis desde 1959. Iniciou no jornalismo em 1976. É membro do Conselho de Ética do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina. Historiador formado pela Udesc. Fotografa. Autor de “Farol de Santa Marta – A Esquina do Atlântico”, “Os Comunas – Álvaro Ventura e o PCB catarinense”, “Os quatro cantos do Sol: Operação Barriga Verde” e “O mato do tigre e o campo do gato – José Fabrício das Neves e o combate do Irani”, entre outros.

COORDENAÇÃO DE PESQUISA

Edson Luiz da Silva conhecido por Velho Bruxo ou simplesmente Bruxo é Servidor Público Federal. Sempre se dedicou a pesquisar a Ilha de Santa Catarina e seus mitos, encantos e desencantos. Mantém um ‘site’ sobre a ilha, constando nele fotos e músicas antigas, histórias, lendas, mitos, mentiras e outras coisas típicas de nossa cidade. Pesquisa a ilha desde 1970 e mantém um acervo iconográfico original, além de algumas milhares de fotografias de sua autoria.

Pesquisadora convidada

 

Vera Sayão é carioca. Cursou a Escola de Belas Artes da UFRJ e é formada em jornalismo pela PUC do Rio de Janeiro. Foi bolsista da CAPES no Hawkeye Institute of Technolology, em Iowa, nos Estados Unidos, onde estudou fotografia de 1991 a 1993.

Trabalhou como fotojornalista de 1980 a 1991, nas sucursais cariocas dos jornais O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo e revista Isto É. Depois passou a fotografar para as áreas de assessoria de imprensa e divulgação. Em Florianópolis, onde reside desde 2002, trabalhou com fotografia de cena (still) para os filmes catarinenses Outra Memória, de Chico Faganello e O Mistério do Boi de Mamão, de Luiza Lins. Atualmente cursa História na Universidade Federal de Santa Catarina.

 

PESQUISA

 

Ana Carolina von Hertwig, 25 anos, nascida em Florianópolis, é jornalista, especialista em Comunicação e Moda e cursa Cinema na Universidade Federal de Santa Catarina. Já trabalhou como repórter em rádio, televisão, jornal e revista. Produziu e dirigiu com Rodrigo Ramoso curta-metragem ficcional As costuras do guarda-chuva de Lautreamónt (2008) e o curta-documentário Fotografava você em minha Rolleiflex (2007). Foi Diretora de Produção do documentário Conselhos Municipais de Educação (2008), realizado para o Ministério da Educação. Fez direção de figurino no curta-metragem As chaves, o mimeógrafo e a prova de matemática (2008). Atualmente, produz e dirige o documentário sobre o Terreiro de Umbanda Almas e Angola Caboclo Tupiniquim. 

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: